Um site para espairecer e passar depois de um dia cansativo para por a fofoca em dia.. e não so.. ;) Porque aqui NADA fica por dizer!

Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

 

  Só porque me apetece …

 

  “O Homem sempre quis conhecer o seu passado e origem e a forma como surgiu o local que habita, a Terra. Através de ciências como a Anatomia, Zoologia e Geologia, importantes avanços têm sido feitos neste campo.

 Actualmente, o Homem exerce uma elevada posição relativamente às outras espécies, que lhe é conferida pelas suas capacidades motoras superiores, pelas suas capacidades intelectuais elevadas e imaginação, que lhe permitem habitar e adaptar-se a qualquer clima e local existente na Terra e dispor de grandes aptidões comunicacionais (escritas e faladas), que lhe permitem viver em sociedade, e física, que possibilitam construir uma grande variedade de objectos. A soberania do Homem na Terra é incontornável e deve-se a três faculdades anatómicas que se expressam com o passar dos tempos: a sua Mão, a posição bípede e o desenvolvimento do Sistema Nervoso Central. Contudo, tais faculdades também tornaram o Homem o ser com uma aprendizagem mais lenta, difícil e ampla e com uma complexa distribuição social. Através das suas capacidades intelectuais superiores, o Homem distingue-se de todos os outros animais, tornando-o um animal rationale, loquens, erectum et bimanum.”

 

  “O mundo natural, constituído por organismos vivos, e matéria inorgânica, é diverso, complexo e inter-relacionado. É também auto-renovável, organizado por factores físicos e biológicos que determinam uma constante transformação responsável pelo seu dinamismo constante.

  O equilíbrio existente entre as populações animais e vegetais que integram uma comunidade resulta de uma multiplicidade de interacções que se estabelecem, quer entre os indivíduos de uma mesma espécie – relações interespecíficas – quer entre as populações de indivíduos de espécies diferentes – relações intraespecíficas. Estas interacções podem ter um efeito positivo, neutro ou negativo nos intervenientes. Uma das espécies que mais intervém sobre as outras, de forma directa ou indirecta, voluntária ou involuntária, é o Homem (Homo sapiens sapiens). Este, através da multiplicidade de relações que estabelece com as variadas espécies, produz alterações que podem ter resultados benéficos – domesticação – ou catastróficos – extinção e diminuição do numero de indivíduos da espécie – exercendo um forte efeito sobre a Natureza. O poder que o Homem exerce sobre a Natureza e os seus habitantes é incomparável, e resulta em diversos desequilíbrios, estando a Natureza e o Homem num constante “jogo de equilíbrios”.”

 

 

Cumprimentos defensores do vosso,

Comentador de serviço

 

sinto-me: num dia bom pa escrever..
música: the world
tags:
publicado por comentador de servico às 17:27

 

 

  Sentimentos de fazer tudo em tão pouco tempo.. Milagre precisa-se!!!!!!!!!!!!!!  

  Alguém me pode apresentar Deus???? Pronto ok eu contento-me com um Jesus qualquer também !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

  A precisar desesperadamente de um milagre daqueles que já não se vêem há algum tempo ;(

 

Cumprimentos ilusórios do vosso, 

Comentador de serviço

sinto-me: a espera de um milagre...
música: miracle..
publicado por comentador de servico às 17:11

 

 “ Cheguei finalmente!!! A grande cidade universitária esperava-me já há muito. E eu também ansiava rever a cidade que já considero minha quase como uma amiga íntima.            

  Parto de casa as 8h 30 da manha. O dia parecia que esperava a minha partida: solarengo, quentinho e bastante acolhedor (pode-se dizer que existem dias “acolhedores”, não se pode??).

  A minha querida terra despede-se de mim, pensei. De facto, só a verei daqui a um mês e tal, a perda de um filho é sempre motivo de saudade e desejo de reencontro.

  Durante o caminho, deleitei-me no Código da Vinci, de Dan Brown, que tão prontamente me havia cativado nestes últimos dias. A historia mirabolante de Robert Langdon e Sophie Neven havia-me fascinado de tal forma que houvera um dia em que lera ininterruptamente durante cerca de sete horas non stop (pronto ok … fui a WC uma vez e comi um snack a meio... mas foi só isso! ;)   O tempo parece que nos foge quando estamos a fazer algo que gostamos, pensei.

  Enquanto lia este emocionante romance, os meus pais discutiam aquilo que com eles se passava no seu dia-a-dia: a situação alarmante do pais, os incêndios que haviam assolado e destruído grande parte das nossas florestas, a situação económica e o novo preço da vida em Portugal desde a entrada do Euro em circulação... Enfim, todos aqueles assuntos que os portugueses que pagam contas e vivem vida contando os cêntimos falam (e os outros também... mas menos talvez). Nenhum daqueles assuntos me perturbou. “O dia hoje é meu, vou só pensar em mim”, pensei. Com esta atitude estranhamente egoísta prossegui a leitura ate ao seu término, ao nos aproximarmos de Santarém. Ai, com o livro terminado, decidi descansar um pouco antes da chegada à cidade que consideraria minha nos próximos anos da minha existência. Na noite passada, havia dormido muito pouco, possivelmente com a ideia de que me iria separar de tudo o que me era querido. Por isso mesmo, achei por bem dormir um pouco para recuperar forcas. Bem iria precisar delas.”

 

Written by someone close (lost in ages and finally recovered)

 

Cumprimentos metediços do vosso,

Comentador de serviço

 

 

sinto-me: a descobrir coisas antigas..
música: new stories
publicado por comentador de servico às 16:59

 

 

  Existe um sentimento que, pessoalmente considero terrível, e que deve incomodar imensas pessoas para além de mim... O sentimento de falta de pertença... de não sentir uma ligação… de estar distante, afastado, separado... durante toda a nossa vida experienciamos momentos desses… mas felizmente para muitos de nos temos sempre uma bóia de salvação... aquele amigo(a)... aquele familiar.. AQUELA pessoa especial ou importante.. ao fim e ao cabo, consciente ou inconscientemente, vivemos num mundo social onde as avaliações e escrutínios sobre os outros e nós mesmos são constantes e onde tendemos a catalogar as pessoas.. Existem inúmeros catálogos.. cada um com seus termos e considerações.. Mas que na sua essência definem de quem gostamos e de quem não gostamos… De quem é mais importante para nós e quem não é.. e nas pessoas importantes e de quem gostamos essas bóias de salvação encontram se com certeza no top 5... Colocamo las lá não apenas para parecer bem ou porque queremos que os outros o saibam.. Mas porque o merecem e já fizeram tudo e mais alguma coisa para o merecer..  Alguns podem dizer que não têm bóias de salvação... Que têm de fazer tudo sozinhos e não têm ninguém.. Tenho as minhas dúvidas mas sei que tais situações existem.. Mas mesmo assim acredito que existam bóias de salvacão nessas pessoas.. ou pelo menos mini bóias.. Em qualquer altura da nossa vida.. somos seres sociais e por mais que queiramos a nossa “eremitagem” tal nem sempre nos é permitido numa realidade tão presente e exigente de nos…  Muitas vezes essas “bóias” só não são vistas ou não querem ser “usadas” como tal... Porque muitas vezes inúmeros sentimentos como o orgulho e a raiva podem afastar-nos de quem nos é mais importante... ou não... De qualquer forma  o essencial da questão prende-se com o sentimento de solidão e de falta quando perdemos uma “bóia de salvação”... Ou quando a deixamos ir ou a rejeitamos... Quer se concorde ou não, acabamos por ir um pouco mais abaixo… Falta-nos aquela BÓIA… Que muitas vezes nos segurou... Mas que agora não existe para nos segurar… e sentimos nos desamparados, inseguros, frustrados… O poder que uma pessoa pode ter sobre nós é incrível... Uma simples pessoa... Que é tudo menos simples.. e ainda dizem que não acreditam nas pessoas nos dias de hoje... Considero-me descrente em inúmeras coisas... Como na igreja católica e suas doutrinas por exemplo.. Mas se há coisa que desde que me conheço acredito e penso que continuarei a acreditar se não perder todas minhas “bóias e fundos de salvação” neste mundo é no poder das pessoas e na grande forca e poder humano... Chamem-me tolo mas acredito fortemente que todos nós temos algo de muito bom e muito mau dentro de nós.. (As “bóias de salvação” talvez tenha um pouco mais de bom que de mau pronto ;)  E quer se queira quer não essas qualidades são essenciais para a nossa aprendizagem e vivência num mundo social e emocional... Se fossemos todos robôs tal não seria preciso... Porque tais coisas nem existiriam... Pelo menos por agora.. ( IA esta a caminho ;)  ) dai mesmo custar-nos perder um bóia… ou pelo menos vê-la a afastar se  de nos e seguir o seu trilho.. o nosso Q egoísta queria a(o) so para nos e connosco para sempre ;) enfim.. resumo tanta conversa confusa e desorientada com o mais importante e que queria dizer mas andei aqui meia pagina a volta para dizer: Agarrem-se bem as vossas bóias de salvação e assegurem-se de que elas esta bem cheias para não as perderem nem se arrependerem de algum “problema técnico” que possa ocorrer … Numa realidade que constantemente nos pode mandar abaixo e por vezes mesmo afogar-nos considero fulcral boas “bóias de salvação”.. ou pelo menos de manutenção para uma época de marés mais agitadas ;)

 

Cumprimentos de quem se debate para se agarrar às suas “bóias de salvação de estimação”,

Comentador de serviço

 

sinto-me: (?)
publicado por comentador de servico às 16:06

Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

 

 

De novo imerso no silencio da noite e fechado em casa por dias interminaveis..... novo casulo.. espero que de frutos..

 

Cumprimentos estudiosos do vosso,

Comentador de servico

sinto-me: invisible..
publicado por comentador de servico às 17:00

Sexta-feira, 08 de Junho de 2007

 

 

 

 

 Porque é que as pessoas têm a típica mania de "aventurar-se" a passar a estrada, correndo o risco de ser atropeladas em ruas agitadas, tendo uma passadeira a menos de dois metros delas?

 

Há coisas que simplesmente me transcendem.... como o sexo das arvores por exemplo.. alguem me explica o que é isso?? sinto-me conffffffuuuuuuuuuuuuuuussssssssooooo...

 

Cumprimentos confusos do vosso,

Comentador de serviço

 

sinto-me: confuso......
música: beautiful liar- Beyonce & Shakira
tags:
publicado por comentador de servico às 22:46

Quarta-feira, 06 de Junho de 2007

 

 

  MUITO De fins de semana prolongados... ;)

 

Cumprimentos descansados do vosso,

Comentador de servico

sinto-me:
música: beautiful day
publicado por comentador de servico às 20:31

Terça-feira, 05 de Junho de 2007

 

 

Tendo em consideração a minha frase de sempre e visto tê-la citado anteriormente, acho mais que pertinente explicar brevemente este meu ponto de vista... e sem muitas palavras.. Porque como dizem (e bem..) os antigos: "Para bom entendedor meia palavra basta"..

 

  Pois é caros amigos, de facto cada vez mais tenho essa ideia.. num mundo onde cada vez mais apenas se deseja o prazer rápido e imediato e se possível ininterrupto e onde não se olham a meios para atingir os fins", cada vez mais me deparo que quem cumpre com estes princípios tem uma vida "privilegiada" ;) ora imaginemos: queca com o ze na segunda, na terca com o manel, quarta finge se de importante e engata um qualquer que ate simpatiza, quinta engana-se o de segunda com o de terca e arranja-se uma desculpa qualquer ao de segunda que se esta a tornar ciumento e obsessivo... afinal de contas tanto trabalho e desculpas valem a pena... ele na cama compensa tudo o que teve de se fazer ;) sexta nem se pergunta.. fds é como se diz: PDL!!! Puta da loucura!! por isso é comer a louca e beber se puder.. (com outras coisas incluidas, claro!) ...

 

  Como é obvio, as pessoas cujos principios e formas de vida não se coadunam com esta (no momento presente ou noutro qualquer na sua vida...) tem a vida dificultada.. pois quando a procura é grabde neste campo e a oferta tambem, poucos sobram e nos restos, como toda a gente diz, ninguem pega.. e assim ficam os "restos" sem ninguem.. por terem principios, opinioes e formas de ver diferentes... e porque "valorizam e prezam" o seu corpo ao ponto de não o darem a qualquer um... esta não é uma critica.. éum ponto de vista.. eu considero-me dos restos que ninguem pega lolol ;) mas prefiro-me assim e sinto-me bem assim.. e respeito e, ate certo ponto, admiro os que sao diferentes...e vcs??

 

Cumprimentos esclarecedores do vosso,

 

Comentador de servico

sinto-me: em mudança ;)
música: promiscuous
publicado por comentador de servico às 14:25

 

   

.

 

  Porque é que quando fazemos as maiores figuras de palhaço e andamos a fazer toda gente rir das nossas figuras tristes toda a gente nos vem dar os parabéns e felicitar e quando fazemos uma coisa seria, integra, com conteúdo organizado e encadeado e com uma apresentação fluente e clara mas seria e cientifica sem "macacadas" ninguém nos valoriza e coloca como "mais um trabalho"? Cada vez mais a originalidade e as piadas caem bem nos  trabalhos e apresentações e mesmo na apresentação que é a nossa vida... sujeitos a constantes avaliações e responsabilidades, acho que ainda acreditava na ingénua concepção de que o trabalho árduo e constante e a seriedade e cientificidade de uma apresentação se iriam sobressair e receber destaque e atenção .. não que procurasse o reconhecimento ou mediatismo, de forma alguma.. apenas algum credito pelo trabalho e dedicação ... então , e visto que sou uma pessoa inteligente que aprende com o que ve e lhe é dado, nesta  apresentação "armei literalmente a barraca" e na minha parte da apresentação apenas durante 1 min é que o pessoal não se riu.. resumo da historia: sai de aula há uns minutos e já recebi mais parabéns e congratulações do que numa vida inteira de trabalhos!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Por isso mesmo mudo a minha antiga frase,

 

  "A vida é para as pegas (e para as amigas delas..)..."

  

  para

 

  "A vida é para os palhacos !!!"

 

 

sinto-me: palhaco por um dia (hras)
música: "trick me" - kelis
publicado por comentador de servico às 14:03

Sexta-feira, 01 de Junho de 2007
...

 

  Com tantos trabalhos e info sobre depressão, uma pessoa comeca a apanhar-lhe o jeito e a comecar se a nossa vida tambem nao é um pouco deprimente tambem ...

 

Cumprimentos deprimidos do vosso,

Comentador de servico

sinto-me: a little depressed..
música: alone in the dark
tags:
publicado por comentador de servico às 17:59

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
28
30


Últ. comentários
Por acaso foi o medico que disse que a causa foi d...
Parvoices!!Eu sou engenheiro, muitas das vezes ten...
Antes de mais existe carência de fontes no texto! ...
Já bebi milhares e continuo muito bem. E já consum...
Engraçado...foi tão usado nos anos 60 como foi CRI...
eu acho que o red bull deveria ser proibido mundia...
Como vc Disse Vc Teve ataque cardiaco graças ao Re...
Venho ouvindo k redbull dava asas pronto...investg...
Há já algum tempo que bebo redbull qdo saio para d...
Santa inocencia! so parvoices!!! a vitamina b12 é ...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro