Um site para espairecer e passar depois de um dia cansativo para por a fofoca em dia.. e não so.. ;) Porque aqui NADA fica por dizer!

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2008

 

 

 

 

 

 

 

  The Nanny Diaries é um relato na primeira pessoa sobre a experiencia de Annie , graduada em Gestão de Empresas, como ama numa casa chique na Upper East Side de Nova Iorque, uma das zonas mais ricas. Assim, é-nos apresentada uma rapariga que desde cedo segue os sonhos dos outros e que tenta ser o mais disponível e prestável possível, ao seguir o sonho da mãe enfermeira de ser mais do que no que os outros mandam e ser uma mulher independente e dona de si e do seu próprio dinheiro. Contudo, após se graduar, Annie não sabe se realmente é esta a profissão que quer verdadeiramente desempenhar para o resto da sua vida, e assim por acaso a profissão de ama surge-lhe nas mãos na forma de um lindo cartão. Apaixonada pela antropologia, decide explorar o mundo das mães subalternas de East Side e tentar conhecer-se melhor enquanto estuda outros e seu comportamento, verificando-se no final que acaba por ser demitida e finalmente dizer tudo o que queria à patroa, conseguindo finalmente todas as mudanças que queria na casa e levando a uma família mais unida, mesmo em momentos de crise e conflito. Associado a isto, consegue entrar para Antropologia como sempre sonhou, e encontra-se muito apaixonada pelo seu sempre presente amigo em todos os momentos difíceis que teve.

 

  Assim, Nanny apresenta-nos uma visão bastante explicita e directa da crescente incapacidade de amar e de nos entregarmos aos outros e sermos capazes de sair da nossa "bolha gigante" e do nosso mundo egoísta e ajudarmos os outros e darmos algo de nós de forma a criar "melhores e mais ricas pessoas " e, quem sabe, um melhor mundo.  

  Associado a isso, vemos os sofrimento presente nas crianças que, mesmo tendo ambos os pais em casa, estão abandonadas a si próprias ou a estranhas que deles cuidam... vemos mulheres egoístas e que vivem num constante mundo de aparência e rumor, quando se afundam cada vez mais na mesquinhez e infelicidade que o rumo da sua vida leva... e também vemos os maridos bem sucedidos a nível profissional que, por isso, acreditam que fazem o seu "papel" e que o dinheiro compra tudo e que não se precisam preocupar com mais nada senão com o dinheiro que fazem ao longo do mês e com a sua própria felicidade e prazer.  Assim, vemos Annie mergulhada neste conflito familiar onde, como se vai tornando cada vez mais frequente , quem sofre são os mais novos, e tenta resolver esta situaçã enquanto tenta manter a sanidade e a sua própria vida pessoal. O resto está no filme... Aconselho a ver... Óptima interpretação de  Scarlett Johannson e Laura Linney e entrada de Alicia Keys no mundo do cinema no papel de melhor amiga de Annie. Comédia a ver!!!! Parte do vestido de 24 Julho e do voo de chapeu tipo Mary Poppins muito a ver lool

 

Cumprimentos do vosso,

Comentador de serviço

sinto-me: ok!
música: alicia keys - superwoman
tags:
publicado por comentador de servico às 05:09

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22

24
25
26
28
29
30

31


Últ. comentários
Por acaso foi o medico que disse que a causa foi d...
Parvoices!!Eu sou engenheiro, muitas das vezes ten...
Antes de mais existe carência de fontes no texto! ...
Já bebi milhares e continuo muito bem. E já consum...
Engraçado...foi tão usado nos anos 60 como foi CRI...
eu acho que o red bull deveria ser proibido mundia...
Como vc Disse Vc Teve ataque cardiaco graças ao Re...
Venho ouvindo k redbull dava asas pronto...investg...
Há já algum tempo que bebo redbull qdo saio para d...
Santa inocencia! so parvoices!!! a vitamina b12 é ...
Quem não fica com nada por dizer!
Quem não fica com nada por dizer!

blogs SAPO


Universidade de Aveiro