Um site para espairecer e passar depois de um dia cansativo para por a fofoca em dia.. e não so.. ;) Porque aqui NADA fica por dizer!

Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

 

 “ Cheguei finalmente!!! A grande cidade universitária esperava-me já há muito. E eu também ansiava rever a cidade que já considero minha quase como uma amiga íntima.            

  Parto de casa as 8h 30 da manha. O dia parecia que esperava a minha partida: solarengo, quentinho e bastante acolhedor (pode-se dizer que existem dias “acolhedores”, não se pode??).

  A minha querida terra despede-se de mim, pensei. De facto, só a verei daqui a um mês e tal, a perda de um filho é sempre motivo de saudade e desejo de reencontro.

  Durante o caminho, deleitei-me no Código da Vinci, de Dan Brown, que tão prontamente me havia cativado nestes últimos dias. A historia mirabolante de Robert Langdon e Sophie Neven havia-me fascinado de tal forma que houvera um dia em que lera ininterruptamente durante cerca de sete horas non stop (pronto ok … fui a WC uma vez e comi um snack a meio... mas foi só isso! ;)   O tempo parece que nos foge quando estamos a fazer algo que gostamos, pensei.

  Enquanto lia este emocionante romance, os meus pais discutiam aquilo que com eles se passava no seu dia-a-dia: a situação alarmante do pais, os incêndios que haviam assolado e destruído grande parte das nossas florestas, a situação económica e o novo preço da vida em Portugal desde a entrada do Euro em circulação... Enfim, todos aqueles assuntos que os portugueses que pagam contas e vivem vida contando os cêntimos falam (e os outros também... mas menos talvez). Nenhum daqueles assuntos me perturbou. “O dia hoje é meu, vou só pensar em mim”, pensei. Com esta atitude estranhamente egoísta prossegui a leitura ate ao seu término, ao nos aproximarmos de Santarém. Ai, com o livro terminado, decidi descansar um pouco antes da chegada à cidade que consideraria minha nos próximos anos da minha existência. Na noite passada, havia dormido muito pouco, possivelmente com a ideia de que me iria separar de tudo o que me era querido. Por isso mesmo, achei por bem dormir um pouco para recuperar forcas. Bem iria precisar delas.”

 

Written by someone close (lost in ages and finally recovered)

 

Cumprimentos metediços do vosso,

Comentador de serviço

 

 

sinto-me: a descobrir coisas antigas..
música: new stories
publicado por comentador de servico às 16:59

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
28
30


Últ. comentários
Por acaso foi o medico que disse que a causa foi d...
Parvoices!!Eu sou engenheiro, muitas das vezes ten...
Antes de mais existe carência de fontes no texto! ...
Já bebi milhares e continuo muito bem. E já consum...
Engraçado...foi tão usado nos anos 60 como foi CRI...
eu acho que o red bull deveria ser proibido mundia...
Como vc Disse Vc Teve ataque cardiaco graças ao Re...
Venho ouvindo k redbull dava asas pronto...investg...
Há já algum tempo que bebo redbull qdo saio para d...
Santa inocencia! so parvoices!!! a vitamina b12 é ...
Quem não fica com nada por dizer!
Quem não fica com nada por dizer!

blogs SAPO


Universidade de Aveiro